sábado, 18 de setembro de 2010

"Provérbio de Amor"

"O amor é eterno enquanto dura."
* 
"Sem vinho nem pão o amor é vão." 
 *
"O amor é como sarampo: 
todos temos de passar por ele."  
 *
"O amor e o menino
 começam brincando e acabam chorando." 
 *
"O amor faz passar o tempo,
 e o tempo faz passar o amor." 
 *
"O amor a ninguém dá honra e a muitos dá dor." 
 *
"O amor é como a lua, quando não cresce, míngua." 
 *
"O amor dos asnos entra aos coices e sai aos bocados." 
 *
"Para esquecer um amor, só outro grande amor." 
 *
"Onde manda o amor, não há outro senhor." 
 *
"O amor não envelhece, morre criança." 
 *
"Se o teu amor for doce, não o comas todo." 
 *
"O amor é um passarinho que não aceita gaiola." 
 *
"O amor morre mais de indigestão do que de fome." 
 *
"O amor é um frenesi
 que todos vêm menos quem dele está possuído."
*
"As ausências curtas, acirram o amor; 
as longas, fazem-no morrer."  
 *
"Quando o amor nos visita,
 a amizade se despede." 
 *
"O amor é a mais forte das paixões, 
porque ataca ao mesmo tempo
 a cabeça, o coração e o corpo." 
 *
"O amor é na mocidade o que a mocidade é na vida,
 o que a vida é na eternidade, isto é, um relâmpago."
 *
"Em amor, a ausência, quando não é o maior dos males, 
 o melhor dos remédios." 
 *
"O amor novo vai e vem, mas o velho se mantém." 
 *
"O amor é doce no começo, mas amargo no fim." 
 *
"O amor entra pela janela e sai pela porta." 
 *
"O amor mais constante que se conhece, é o do dinheiro." 
 *
"O amor olha de tal maneira que o cobre lhe parece ouro." 
"Chaga de amor, quem a faz, a sara." 
 *
"O amor dá coragem e dá fraqueza." 
 *
"Amor ausente, amor para sempre." 
 *
"Amor da praia fica enterrado na areia." 
 *
"O amor ajuda os atrevidos." 
 *
"Vão-se os amores, ficam as dores." 
 *
"Com o amor e a morte, não tentes ser forte." 
 *
"No amor e na guerra vale tudo." 
 *
"No amor, quem foge é vencedor." 
 *
"Amores arrufados, amores dobrados." 
 *
"Onde há amor, há dor." 
*
Postar um comentário