sexta-feira, 17 de setembro de 2010

"Provérbio Português"

"Quem tem telhado de vidro
 não atira pedras ao do vizinho." 
"Uma ovelha má põe o rebanho a perder." 
 *
"Se queres conhecer o vilão, põe-lhe uma vara na mão." 
 *
"A vingança é um prato que se serve frio." 
 *
"Quem nunca comeu melado, quando come lambuza-se."  
 *
"Assim como vive o Rei, vivem os vassalos." 
 *
"Mal de muitos consolo é." 
 *
"Bem mal ceia quem come de mão alheia." 
 *
"Cachorro mordido de cobra tem medo até de barbante."  
 *
"De grão em grão a galinha enche o papo." 
 *
"A ociosidade é a mãe de todos os vícios." 
 *
"Dois olhos vêem mais do que um só." 
 *
"A raposa tanto vai ao ninho, que um dia deixa o focinho." 
 *
"Em tempo de guerra, qualquer buraco é trincheira." 
 *
"Ferro que não se usa, gasta-o a ferrugem." Provérbio Português
 *
"Grandes peixes, pescam-se em grandes rios." 
 *
"Mais vale quem Deus ajuda do que quem cedo madruga." 
 *
"Mais vale um gosto do que seis vinténs." 
 *
"Águas passadas, não movem moinhos." 
 *
"Manda quem pode, obedece quem tem juízo."
 *
"Não se deve despir um santo para vestir outro."
 *
"A presunção é a mãe de todas as asneiras." 
 *
"Quando um burro fala, os outros baixam as orelhas." 
 *
"Duro com duro não faz bom muro." 
 *
"Ninguém é profeta na sua terra." 
 *
"Deus me dê paciência e um paninho para a embrulhar." 
 *
"O olho do dono é que engorda o cavalo." 
 *
"Quem quer vai, quem não quer manda." 
 *
"O que não tem solução, solucionado está." 
 *
"Para quem sabe ler um pingo é letra." 
 *
"Quando Deus quer, água fria é remédio." 
 *
"Quando o gato sai de casa os ratos passeiam." 
 *
"Não gozes com o mal do teu vizinho,
 porque o teu vem a caminho."  
 *
"Quem conta um conto, acrescenta um ponto" 
 *
"Uma mão lava a outra e as duas lavam o rosto." 
 *
"Quem fala muito, dá bom dia a cavalo." 
 *
"O pior cego é aquele que não quer ver." 
*
Postar um comentário