segunda-feira, 26 de julho de 2010

"Ignorado"

Sou ignorado,
Não posso dormir
Sinto dor ao pensar
Não consigo fingir
Nem deixar de te amar

Sou ignorado,
Não posso gritar
Sinto dor ao lembrar
Não consigo apagar
Meu delírio sem fim


Sou ignorado,
Não posso falar
Tua imagem fascina
Minha vida termina
e continuo a te amar

                                               Stand By


Postar um comentário