sábado, 7 de abril de 2012

"Desabafos"

Sou só eu, esta sombra quebrada
Que se arrasta entre a vida e o nada,
nada tenho para dar,nada tenho para receber,
A não ser,um breve lamento de silêncio,
como legado permanente das

recordações de um sonho que acabou.
*

De repente, no tardio da noite escura
penso na vida que poderia ter sido,
e me falta mais,
muito mais, pois falta tempo,
falta alento,falta um murmúrio no vento
que me trouxesse de longe o que preciso escutar
Pois neste vento voarão meus negros versos,
memórias dos pensamentos dispersos
de alma fraca que aprendeu a sofrere
por mais que espere e suplique,
não encontrarei salvação nem paz,
apenas me abrigará
a eterna escuridã
o da morte
que não deixou de me amar.


POIS

Onde eu criei um palácio de sonhos,
hoje sobram apenas destroços,
ruínas dos meus ideais mortos
E a ilusão da felicidade
desfez-se em fragmentos de traição,
por entre as estradas da ingenuidade
E os caminhos da inocência
Confesso que me perdi,
ao acreditar cegamente
nas imagens que o mundo me mostrava,
e construí castelos de confiança
onde não devia haver senão deserto.
Sacrifiquei o melhor da minha vida
pela vaga ilusão de um amor
que nem sequer existe
e por isso,
hoje estou sozinho
no abismo da minha eterna desilusão.

*
Palavras breves,
feitas só de nada,
arrancadas deste meu coração,
e lágrimas da minha alma destroçada,
serão meu juramento à escuridão.
A minha essência não será quebrada,
nem mesmo pelo fogo da traição.
Não voltarei a dar minha alma em vão,
nunca mais me verão sofrer calado.
Contarei com a sombra da noite escura
e os sinistros desígnios do meu ser,
para esquecer os erros que rasgaram o meu corpo
e assassinaram o meu coração..


LAGRIMAS

Queria passar para palavras este sentimento
É uma dor que chega sem que haja entrega
Que me faz sentir fraco e desprotegido
É uma dor que embala, que toma conta de mim
Que diz que me ama ao tocar meu rosto
É um suspiro escapando, me afagando a boca
É o alivio que eu busco num ar me que sufoca...
Mas apenas lágrimas a minh’alma edita
Apenas silêncio quando a minh’alma grita
Só queria compreender como algo tão profundo
Escapa pela garganta,
ficando entre meus dedos...
e o mundo...

*

Lágrimas existem para serem derramadas...
Alguns momentos da vida rimos,
outros somos compelidos ao pranto.
Inevitavelmente,
Somos todos feitos metade alegria,
metade tristeza.
Ambas sobressaem-se
e se alternam ao longo de nossas vidas.
Quando vier o pranto deixe fluír as lágrimas.
Não as economize nem se esforce tentando retê-las.
As lágrimas vertidas desfazem a tristeza da alma
São como a chuva que vem
para lavar a poeira da terra.
Lembre-se que por sermos humanos não é demérito chorar.
Esvazie o quarto triste do sentimento.
Todo momento triste é passageiro,
pense assim.
Restabeleça-se depois,
coração renovado com o néctar da alegria.
Afinal,depois das tormentas e temporais
um novo sol sempre volta a brilhar!


MAS

“Bateram na porta, hesitei não quis abrir.
Bateram de novo com força, mas depois não insistiu,
desceu as escadas em silêncio e para sempre partiu.
Partiu deixando na porta estas palavras fatais:
"Eu sou a felicidade e não voltarei jamais."
*

“Ateu” é uma palavra de vitória
que destrói mentiras e me deixa só
 
mas, de um poso de angustias me levanta,
e abre os caminhos da minha trajetória.
*

A vida que se imprime na minha frente
e se me entrega, gratuita e maravilhosa
me libera do abismo da nada
mostrando uma exuberante natureza.-
*

Ser Ateu me deixa o céu aberto
e um infinito perante meus olhos
Onde os planetas e as estrelas
São os únicos inertes ocupantes
*

Vida, eu prefiro estar acordado.
Voando por cima dos despojos humanos
Que se utilizando de diversas estratégias
Tiram proveito dos medos pessoais
*

Se for certo que um Deus fez este mundo,
não queria eu, ser esse Deus.
pois a dores que afligem este mundo
dilaceram o meu coração
*

Se um Deus deixa,em seu nome
Que as maiores atrocidades sejam cometidas
Para que um deus!!!!!!!
Se os culpados nunca serão punidos
*

Eu so ateu,sim,resposavel por meus atos e é tudo
Eu creio que não a nada mais para saber
Exceto que devemos ser gentis uns com os outros
E fazer o possivel pelo bem estar das pessoas

*
Postar um comentário